Psicologia

"A felicidade não depende do que nos falta, mas do bom uso que fazemos do que possuímos" 
THOMAS HARDY

Num determinado momento da nossa vida deparamo-nos com situações que ultrapassam a nossa capacidade de resolução, o que torna necessário recorrer a apoio e aconselhamento psicológico, para se promover o bem-estar psicológico de qualquer pessoa que esteja a vivenciar uma situação difícil e/ou problemática. Através do acompanhamento psicoterapêutico pretende-se restabelecer o equilíbrio e a estabilidade emocional de cada pessoa, atendendo à sua individualidade e intervindo com técnicas ajustadas às problemáticas manifestadas.

Esta terapia não é necessariamente longa, sendo que em algumas situações específicas, uma intervenção imediata permite identificar e resolver precocemente o problema.

Já noutras situações há mudanças que são necessárias e podem demorar algum tempo a ser alcançadas, isto porque ao longo da vida vamos adquirindo determinados padrões de funcionamento e mecanismos que regularmente se revelam disfuncionais. Embora estes padrões nos provoquem, por vezes, sofrimento e mal-estar, já estamos tão habituados a eles que é necessário revê-los, analisa-los e predispormo-nos a modificá-los, mas para isso é imprescindível trabalhar crenças, pensamentos, sentimentos e acções. Este tipo de acompanhamento permite que a pessoa desenvolva um processo de crescimento pessoal privilegiado com a ajuda do terapeuta, que lhe ajudará a fomentar estas mudanças internas, positivas e significativas, que lhe permitirão obter melhor qualidade de vida.

 

Indicações:

Crianças e Adolescentes:

  • Depressão
  • Ansiedade
  • Situações de crise
  • Luto
  • Perturbações do comportamento
  • Perturbações emocionais
  • Dificuldades de aprendizagem
  • Perturbação da eliminação (Enurese/Encoprese)
  • Transtorno de défice de atenção e Hiperactividade
  • Anorexia / Bulimia
  • Agressividade / Bullying
  • Comportamento de oposição
  • Dificuldade de integração escolar
  • Insucesso e Absentismo escolar
  • Promoção de métodos de estudo
  • Avaliação de Necessidades Educativas Especiais (de acordo com Dec-Lei 3/2008)
  • Avaliação do desenvolvimento
  • Avaliação Pré-escolar e de Prontidão Escolar
  • Orientação vocacional

Adultos e Idosos:

  • Perturbações da personalidade
  • Dificuldades de relacionamento
  • Perturbações do humor
  • Perturbação de ansiedade
  • Depressão
  • Processo de luto e perda
  • Dificuldades em adaptação a novas situações profissionais, pessoais e familiares
  • Situações de angústia
  • Baixa auto-estima
  • Processos patológicos resultantes de doenças físicas/psicológicas
  • Apatia/ Imobilidade
  • Alterações da memória
  • Irritabilidade
  • Alterações do comportamento
  • Demências